O Sindicato dos Auditores Fiscais de Tributos Estaduais de Rondônia (SINDAFISCO) recebe com muita indignação e preocupação a notícia da agressão contra o Auditor Fiscal José Jordane Soares, 53 anos, na noite de segunda-feira, 17, em Vilhena.

Por volta das 22h, na rua Mato Grosso, Jordane foi agredido a pauladas por dois homens quando chegava na casa da namorada. Após diversos golpes contra Jordane, os criminosos fugiram e até o momento não existem informações sobre o paradeiro dos meliantes. José Jordane sofreu traumatismo craniano e seu estado é grave.

“Isso é inadmissível, a falta de segurança no Estado de Rondônia mais uma vez fazendo vítimas. É necessário que a justiça seja feita e que a polícia se empenhe em descobrir quem são esses criminosos e porque fizeram essa brutalidade com o José Jordane. Esse mês a morte do Auditor Fiscal Robson completou três anos sem solução, o caso do outro auditor Armando de 2008 também continua sem solução. Isso não pode acontecer com o Jordane, é primordial que esses criminosos sejam presos e esse crime brutal seja resolvido”, declarou Mauro Bianchin, presidente do SINDAFISCO.